Eu fui atrás de um caminhão…

2 set

Como esse blog é democrático e aborda os diferente tipos de estilos e pessoas, resolvi abrir um espaço hoje para a galera que gosta de micareta e que sempre fica em dúvida na hora de customizar o abadá.
No dia 22/05 rolou aqui em Vitória, o Nana Fest 2010, que reuniu os shows das bandas Chiclete com Banana, Tomate, Mc Buchecha e Inimigos da HP.
Comprado o ingresso, a micareteira incurável que vos fala, não conseguiu parar de pensar no modelo de abadá que adotaria dessa vez.
Com a ajuda das amigas, e baseado num modelo que a gente achou nesse blog, começamos os preparativos. Eu sem dom nenhum para trabalhos manuais que exijam precisão e delicadeza, deleguei as tarefas com tesoura à @natypompermaier que praticamente evitou uma tragédia. Sigam o passo-a-passo:

* Primeiro vestimos o abadá ao contrário e marcamos com canetinha aonde iriamos cortar.
* Tiramos o excesso em baixo e o fizemos o decote, um pouco arredondado.

* Amarramos tiras nas laterais pra fazer um acabamento.

* E por fim demos o grande toque fashionista: colocamos várias tachinhas em fileiras (que renderam dedos doloridos e inchados no dia seguinte)

E taí o resultado final no dia do show. Gostaram?

Espero que vocês tenham percebido que não precisa ser costureira de mão cheia, nem gastar dinheiro, para ser criativo e sair do óbvio. O importante é tentar se destacar na multidão do seu jeito.

Raisa Vital
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: